TRÊS ATITUDES PARA VOCÊ DOMINAR A SUA MENTE

Imagem

Você tem se esforçado para ser positivo e alegre?

Você tem se lembrado de se amar e de cultivar pensamentos bons e positivos?

Se você se esforçar sinceramente, perceberá que se tornará mais fácil.Tudo se torna mais fácil com a prática. Se você persistir em seus esforços para permanecer positivo e alegre, você desenvolverá muito poder e força e, sua recompensa será sua própria felicidade e a paz da mente.

Quando você disciplina sua mente para ver o lado bom nas coisas, para naturalmente ver o melhor nas pessoas e em você mesmo, você sintoniza-se com o poder que governa todo este universo.Você conquista uma mente amável, tranquila, mais silenciosa, com autodomínio e confiança.

Três atitudes importantes para a prática do domínio da mente:

1. Substituir imediatamente pensamentos negativos por pensamentos positivos

É importante a qualidade dos pensamentos mantidos na mente. Experimentaremos condições e experiências correspondentes à nossa atitude mental predominante e aos nossos pensamentos habituais. Um pensamento negativo nos conduzirá a uma experiência desagradável, enquanto que pensamentos positivos nos conduzirão a experiências agradáveis.

Como o pensamento é criativo, o que quer que acreditemos ser verdade na mente será manifestado ou criado. Por essa razão, uma pessoa que habitualmente e persistentemente pensa negativamente, precisa tornar seus pensamentos positivos. Ela precisa pensar no que faz bem e recusar a pensar, sobretudo, o que lhe faz mal.

Se um pensamento negativo surge, precisamos substituí-lo imediatamente por um pensamento positivo ou por um mantra.

Muitas pessoas não têm ideia do que fazer com seus pensamentos negativos, e assim eles permanecem na mente. O segredo é substitui-los.

2. Reduzir os pensamentos

De vez em quando podemos lembrar disso: observar a mente e perceber que o que estamos pensando é totalmente desnecessário. Podemos simplesmente afastar este pensamento desnecessário. Não alimentá-lo e fazer disto um hábito. Ao reduzir os pensamentos vamos aquietando a mente.

Geralmente não observamos a mente para ver o que ela está fazendo, para ver se está se comportando bem ou mal, para ver se está criando alguma coisa ruim e tola. E colhemos o fruto desses pensamentos e depois ficamos a imaginar: “Por que eu mereci isto? Eu não fiz nada para ninguém”. “Estou deprimido. Por que estou assim?” Não compreendemos que tudo surgiu da mente não controlada.

A vigilância melhora a qualidade de nossos pensamentos. A mente não pensa coisas ruins se está sendo observada. Ela se sente embaraçada quando é “pega” pensando alguma coisa estúpida. Assim se você realmente faz um esforço para observar a mente e ver o que ela está fazendo, ela tenderá a se comportar bem. Ela age pior quando sabe que não estamos dando atenção para o que ela está fazendo.

Quando a pessoa, constantemente, observa a mente, ela se torna calma e quieta.

3. Manter a mente equilibrada e estável

Frequentemente, a mente está muito instável. Quase todas as influências externas podem tirar a mente do equilíbrio e nos fazer pensar o que realmente não queremos pensar.

Não podemos estabilizar a mente da noite para o dia porque ela ficou muitos anos fazendo o que bem entende. Mas a mente se torna estável através da prática da hatha yoga, da concentração, da meditação, da prática constante, da vigilância sobre nossos pensamentos.

Devido à mente, muitas pessoas consideram a vida uma luta. Geralmente, não acham que a vida possa ser fácil e feliz. Não importa o que uma pessoa adquiriu ou possui, seus próprios pensamentos podem lhe fazer sentir-se infeliz.

Muitas pessoas pensam: “Se eu pelo menos tivesse aquilo, eu seria feliz…” E então, elas conseguem aquilo, mas nada fica melhor, porque a condição da mente permanece a mesma. A única coisa que pode ser melhorada é a mente.

Depende de nós o que permitimos que a mente pense. É nossa vontade, nosso livre-arbítrio. Se não controlamos a mente, não há nada que possamos controlar.

Todos nós temos procurado muito pela alegria, felicidade e contentamento. Temos tentado muitas coisas. Temos adquirido dinheiro, posses e segurança, participado de muitos eventos sociais, viagens e relacionamentos.

Todavia, a verdadeira alegria vem para uma pessoa quando ela se torna livre da carga de sua própria mente. Esta libertação é uma realização gradual. Ela paulatinamente vai afastando os pensamentos e sentimentos negativos e estabelecerá um ânimo positivo, mais saúde física e emocional. 

Pensamento molda o destino

Compreenda que cada pensamento molda seu destino. Através do controle de seus pensamentos você controla seu destino. Pode mudar sua atitude perante os acontecimentos. Pode mudar os efeitos do seu karma. Pode parar de sofrer e se tornar mais contente.

Não se prenda a fatalismo, dizendo que tudo é karma, que é seu destino, que não adianta se esforçar. Isto é uma incompreensão das leis do pensamento. Você criou seu próprio destino pelos seus pensamentos e pelas suas ações.

Você quer ser mais próspero, saudável, tranquilo e cheio de entusiasmo? Você quer ajudar os outros? Você aspira experimentar a paz do Ser interior?

Então se deseja alguma dessas coisas, você precisa disciplinar sua mente e escolher pensar positivamente. Pensando, desejando e agindo corretamente poderá se tornar mais feliz.

Crie o hábito de ser mais alegre

Descubra a alegria nos momentos simples, como ver o pôr-do-sol; caminhar e sentir a beleza da praia; de um parque; das folhas das árvores e flores. Agradeça o dom da visão e sinta como isto alegra você e lhe conecta com a natureza ao seu redor. Perceba o sentimento de alegria que vem de ter terminado uma tarefa, de encontrar um amigo.

Reconheça alegria em sua vida cotidiana e compartilhe isto com os outros, em seus pensamentos, palavras e ações. Perceba os benefícios para você e para os outros quando você propaga bom humor e alegria ao seu redor.

Entenda que para sentir alegria interior no planeta Terra você precisa se esforçar. Ela não surge por acaso. Ela é fruto do autocontrole, de uma atitude positiva, do sentimento de gratidão, do correto dever, do entusiasmo, de se encantar com as pequenas coisas da vida, de estar presente no momento presente, de desfrutar sua vida.

Lembre-se de cultivar a alegria. Permita-se alegrar sua vida. Fique em paz!

Referências bibliográficas:
Tesouros Interiores- Swami Chidvilasananda- Ed. Siddha Yoga Dham Brasil.
O poder do pensamento pela Ioga – Swami Sivananda- Ed. Pensamento.

Por: Emilce Shrividya Starling – Professora de Hatha Yoga

9 DICAS PARA DORMIR MELHOR

Imagem

Dormir bem melhora o humor, a memória, previne doenças e faz você viver mais. Siga estas dicas simples para espantar a insônia e melhorar a qualidade do seu sono

1) Tome um banho morno

Não vá para a cama agitado com a rotina do dia a dia. Primeiro tome um banho relaxante, para só então ir se deitar.

2) Deixe o ambiente escuro e silencioso

Desligue a TV e o computador. A luz desses aparelhos atrasa a produção das substâncias responsáveis pelo aviso de que é hora de dormir.

3) Faça exercícios mais cedo

Pratique exercícios físicos até quatro horas antes de ir dormir. Do contrário, o corpo ainda estará agitado. Na cama, só vale o sexo que, aliás, é ótima para relaxar.

4) Beba uma xícara de chá

Porém, é preciso escolher as ervas certas. Nada de tomar chá preto ou verde, ricos em cafeína, que é estimulante. Infusões de melissa e camomila induzem ao sono.

5) Faça uma refeição leve à noite

Coma, por exemplo, aspargos, palmito, arroz, batata, aveia ou soja. Tomar sopas com esses ingredientes é uma excelente pedida, principalmente nas noites mais frias.

6) Evite comer carnes gordas no jantar

A proteína que compõe esse alimento ativa o sistema nervoso simpático, responsável, entre outras funções, por deixar seu corpo em estado de alerta, favorecendo, assim, maior descarga de adrenalina.

7) Crie o seu próprio ritual

Depois do banho morninho, acenda uma lâmpada azul e pingue algumas gotas de óleo de lavanda no travesseiro. Essa técnica acalma os pensamentos, relaxa o corpo e induz a um sono melhor.

8) Tome um copo de leite morno

Esse alimento possui o triptofano, que é um precursor de serotonina, outro hormônio neurotransmissor que está fortemente associado ao relaxamento profundo.

9) Evite bebidas alcoólicas antes de dormir

Após alguns goles, essa substância pode afrouxar estruturas da região da faringe comprometendo a respiração. O resultado é o ronco, que prejudica as fases do sono, ou o efeito rebote, que é quando a pessoa acorda várias vezes no meio da noite.

Fonte: Minha Saúde – Saúde, Alimentação, Bem Estar

TRÊS SUCOS DESINTOXICANTES ALIVIAM O ESTUFAMENTO APÓS AS FESTAS DE FIM DE ANO

Imagem

O dia seguinte às Festas de Natal e Ano Novo é marcado pela sensação de estufamento do estômago entre as pessoas que exageraram no prato. Provocado pela grande ingestão de alimentos ricos em gorduras como carnes gordas, rabanada e açúcares, o desconforto estomacal pode ser aliviado com sucos desintoxicantes feitos em casa, à base de frutas e verduras.

“Os alimentos que fermentam no estômago liberam gases e, por consequência, provocam uma sensação de estufamento durante um tempo após a ingestão do prato. Até a farofa com bacon e o arroz com creme de leite podem provocá-lo”, diz Amilton Macedo, médico com prática em oxidologia. Para aproveitar o restante do feriado numa boa, aprenda, a seguir, três receitas de sucos que prometem aliviar o mal-estar.

 

Suco verde

Ingredientes

250 ml de água de coco
1 folha de couve
1 fatia de abacaxi
½ maçã
1 colher (de sobremesa) de gengibre

Modo de preparo

Higienize todos os ingredientes e, em seguida, bata-os no liquidificador. Beba na sequência, não reserve para outro momento para não perder as propriedades digestivas da receita.

 

Suco de efeito digestivo

Ingredientes

1 kiwi firme
1 maçã verde
1 cacho pequeno de uvas
250 ml de água

Modo de preparo

Passe todas as frutas na centrífuga, acrescente a água e beba.

 

Coquetel de cascas e hortelã

Ingredientes

15 folhas de hortelã
2 limões
Um copo de água
Cascas de frutas cítricas secas
Mel a gosto

Modo de preparo

Descasque laranja, lima da pérsia e limão e leve as cascas para secar ao ar livre na sombra. Depois de secas, corte em pedacinhos com uma tesoura. Logo depois, bata-os no liquidificador com a hortelã, o suco dos limões e um copo de água. Em seguida, beba.

 

Via: Cibele Santos – Nutricionista, Taróloga e Terapeuta Xamânica.