JABUTICABA: MUITO MAIS PODEROSA DO QUE SE ACHA

Imagem

Pesquisas recentes revelam que a brasileiríssima jabuticaba é uma das fontes mais poderosas de antioxidantes. Então se a ideia é combater o envelhecimento precoce, aposte nesta frutinha deliciosa. Além de ser uma ótima amiga da pele e de quem deseja se manter jovem por mais tempo, a  jabuticaba ainda tem outraspropriedades que você nem imaginava e que com certeza vai amar descobrir! Confira aqui os benefícios da jabuticaba!

 

A jabuticaba, a fruta 100% brasileira

Nativa do Brasil, da região da Mata Atlântica, é comum encontrar quem possua um quintal repleto de jabuticabeiras no interior da região sudeste. A jabuticaba ainda por cima é muito versátil, pode ser consumida de diferentes formas: geleias, sucos, sorvetes, picolés e da maneira mais tradicional possível, isto é, pura com a casca! Aliás, isto é muito importante: para desfrutar de todos os seus benefícios, consuma a jabuticaba com a casca!

O poder está concentrado na casca da fruta

casca da jabuticaba tem sido objeto de pesquisas científicas em universidades brasileiras que a cada dia descobrem mais benefícios desta fruta para a saúde. Recentemente, um estudo do Departamento de Química da Universidade Federal de Lavrasdemonstrou o imenso poder antioxidante da casca da jabuticaba. Como resultado desta pesquisa, foi patenteado um extrato feito a partir da jabuticaba inteira que poderá ser usado como um aditivo para enriquecer alimentos industrializados como iogurte, além de ser um corante natural.

 Mais benefícios da jabuticaba

A casca da jabuticaba é muito rica em antioxidantes que combatem os radicais livres, principais responsáveis pelo envelhecimento celular. Além disso, possui substâncias que ajudam a reparar os tecidos ricos em colágeno, por isto é considerada uma grande aliada da pele. Mas não param por aí os superpoderes desta frutinha: as suas fibras ajudam no trato digestório, diminuição dos níveis decolesterol e até na absorção da glicose.

A jabuticaba combate o câncer

A frutinha é realmente muito poderosa: uma pesquisa daUniversidade Estadual de Campinas (UNICAMP) demonstrou o seu potencial para reduzir 2 tipos de câncer (leucemia e tumor de próstata) e ainda prevenir o desenvolvimento da diabete. Os pesquisadores da UNICAMP utilizaram um método parecido ao da Ufla para obter um extrato da casca, o qual foi testado em células humanas e conseguiu reduzir em 50% o crescimento de células cancerígenas.

Fonte: Lar Natural

MAÇÃ : A MEDIDA CERTA DA SUA SAÚDE

451

Nenhuma outra fruta é tão presente no imaginário popular quanto a maçã. Da mitologia grega aos contos de fadas, das histórias de Guilherme Tell às teorias de Isaac Newton, ela está em todas. E a julgar pelos mais recentes estudos, não deveria faltar também na mesa do brasileiro. Uma pesquisa da Universidade da Flórida (EUA) afirma que comer uma maçã por dia evita o acúmulo de colesterol ruim, o LDL, nos vasos sanguíneos em até 25%. Outro estudo, desenvolvido pela Universidade da Pensilvânia (EUA), revela que comer uma maçã 15 minutos antes das refeições é cinco vezes mais eficiente que tomar inibidor de apetite. Do outro lado do Atlântico, pesquisadores do Instituto Nacional de Coração e Pulmões (Grã-Bretanha) garantiram que beber suco de maçã ajuda a prevenir crises de asma. Mas comer uma maçã por dia não ajuda apenas a controlar o colesterol, a moderar o apetite ou a evitar asma. Combate, também, doenças cardiovasculares, reduz o risco de diabetes e melhora a função digestiva. “A maçã não chega a ser uma fruta completa. Mas é daquelas que não podem faltar na nossa alimentação. A variação é muito importante, uma vez que cada fruta tem um particular nutracêutico”, afirma o nutrólogo Edson Credidio, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Vitaminas da maçã

A exemplo de tantas outras, a maçã também é rica em vitaminas, como as A, B, C e E, e sais minerais, como potássio, ferro e cálcio. A diferença é que o fruto da macieira contém duas substâncias para lá de especiais: a pectina, uma fibra que, encontrada na casca, modera o apetite porque dá sensação de saciedade, e a quercetina, um antioxidante que está presente na polpa e ajuda no combate ao envelhecimento das células do sistema imunológico. “No primeiro caso, a maçã evita a ingestão exagerada de alimentos. No segundo, protege o organismo dos danos causados pelos radicais livres”, explica a nutróloga Luciana Carneiro, da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN). E o que é melhor: a maçã ainda oferece baixas calorias. Cada 100 g contém apenas 56 kcal. Mais importante do que guardar nomes esquisitos, é lembrar, sempre que possível, de comer a maçã com casca. Segundo a nutricionista Jocelem Salgado, da Universidade de São Paulo (USP), é nela que se concentram as substâncias que oferecem benefícios ao nosso organismo. “Extratos retirados da casca da maçã inibiram o crescimento de células do câncer de fígado em 57% dos casos”, justifica a nutricionista, acrescentando que a maçã é considerada, também, uma espécie de “escova de dente natural”.

Fonte: Revista Uol